Primeira missa presencial durante pandemia é realizada com restrições na Catedral de Santos

Decreto da Diocese de Santos estabeleceu normas para volta gradual de missas presenciais em paróquias da região.

Catedral celebrou primeira missa presencial durante a pandemia em Santos. Vanessa Rodrigues/A Tribuna Jornal A Catedral Diocesana de Santos, no litoral de São Paulo, realizou na manhã desta terça-feira (14) a primeira missa presencial desde o início da pandemia causada pelo novo coronavírus.

A celebração aconteceu após a divulgação do decreto da Diocese de Santos com recomendações sanitárias a serem seguidas pelas paróquias. O decreto foi assinado pelo bispo diocesano de Santos Dom Tarcisio Scaramussa.

Entre as normas que estabelecem como deverão ocorrer as celebrações durante a pandemia, está a recomendação de um número maior de missas ao longo do dia, para evitar aglomerações e também a suspensão de disponibilização de papéis aos fiéis. Igrejas seguirão medidas de prevenção à Covid-19 determinadas pelos órgãos competentes. Vanessa Rodrigues/A Tribuna Jornal A primeira missa durante a pandemia, celebrada às 9h desta terça, foi a única do dia, segundo a secretaria da Catedral.

A celebração contou com alguns fiéis na igreja, que acompanharam presencialmente a missa respeitando as normas sanitárias exigidas.

A partir desta quarta-feira (15), as missas ocorrerão às 9h e às 17h, com as portas da igreja abertas para receber os fiéis.

Os frequentadores que pertencem a grupos de risco estão dispensados do preceito das missas e são convidados a acompanhar as celebrações pelas transmissões nas redes sociais da igreja. Missas também podem ser acompanhadas através das redes sociais das igrejas. Vanessa Rodrigues/A Tribuna Jornal Decreto da Diocese de Santos estabeleceu normas para retorno de missas presenciais na região. Vanessa Rodrigues/A Tribuna Jornal
Categoria:SP - Santos e Região